Juiz de Fora

MAIO/2014

A VISÃO DO REPRESENTANTE

jorge_tomazJorge Tomaz Santana Vieira é representante da APÓS-FURNAS em Juiz de Fora – uma regional onde não há um pólo de Furnas.

O núcleo de aposentados já existia quando ele foi para lá, em 2001, logo após se desligar da empresa num programa de incentivo e imediatamente integrou-se aos colegas ex-Furnas.

“Nosso núcleo é Juiz de Fora e regiões próximas, inclusive Três Rios”, conta ele. “Descobri isso num passeio em que o ônibus que vínhamos parou para pegar um casal que embarcou naquela cidade”.

Aquele casal já não integra mais o grupo, e Tomaz vê nisso o indicativo de que é preciso buscar os aposentados e até mesmo os empregados da região, inclusive da usina de Sapucaia, para participarem da APÓS-FURNAS.

“Para participar mais, precisamos de uma comunicação mais rápida com o associado, para que a gente não perca as oportunidades.” E é otimista quanto a isso: acha que, com o apoio da entidade, poderia conquistar novos associados. “Basta que a gente demonstre o ganho que todos têm ao se associarem.